Pastor é preso e confessa ter roubado dois bancos e joalheria em Rondonópolis

Em posse de uma arma falsa, o pastor entrou em uma agência do Banco do Brasil e roubou R$ 40 mil, nesta última quinta-feira (6)

Pastor é preso e confessa ter roubado dois bancos e joalheria

Raimundo Nonato de Souza, 48 anos, foi preso na manhã desta última sexta-feira (07) e confessou ter sido o autor do roubo ocorrido na manhã de ontem (06), na agência do Banco do Brasil, localizada na avenida Lions internacional, em Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá). Ao todo, foram levados R$ 40 mil. O homem seria pastor e ministrava cultos dentro da cadeia, no período em que passou sete anos recluso.

A prisão do pastor foi realizada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis. Ao ser interrogado, Raimundo Nonato confessou o roubo na agência e disse ainda que ele também foi responsável pelo assalto na agência Sicredi, no dia 4 de fevereiro de 2021.
 
Ainda durante depoimento, o pastor também disse que foi o autor do roubo a uma joalheira localizada na área central de Rondonópolis e ocorrido no final do ano de 2020.
 
Raimundo Nonato já possui duas condenações por roubo e permaneceu preso por sete anos. Ele é tratado como um sujeito de alta periculosidade. Durante seu tempo recluso, ele era pastor e ministrava cultos dentro do presídio.
 
R$ 40 mil levados
 
Em posse de uma arma falsa, o pastor entrou em uma agência do Banco do Brasil e roubou R$ 40 mil, nesta quinta-feira (6), em Rondonópolis.
 
De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito teria realizado uma operação no caixa eletrônica, depois entrou na agência, seguiu até os locais de atendimento e apontou um simulacro de pistola para uma atendente.
 
Na ocasião, o bandido roubou cerca de R$ 40 mil. A gerência do banco acionou a PM após o crime.

Fonte: Olhar Direto

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *