Irmãos, policiais são detidos acusados de extorsão em Cuiabá

Dupla foi cobrar valor de negociação carro no bairro Santa Terezinha

download (1).jpg

Dois policiais militares, que seriam irmãos, foram detidos na noite desta terça-feira acusados de extorsão no bairro Santa Terezinha, em Cuiabá. Eles teriam cobrado uma dívida oriunda da negociação de um caso e são acusados de ameaçar um rapaz com uma arma.

Os irmãos são soldados e tenente da Polícia Militar. Segundo consta no boletim de ocorrência, eles foram até a residência da suposta vítima para cobrar a dívida de um carro. Uma terceira pessoa acompanhava os irmãos militares.

No local, os homens teriam iniciado uma discussão e o tenente teria sacado uma arma para o suposto devedor. A esposa e filha dele, que é menor de idade, presenciaram o fato.

O dono da residência acionou a Polícia Militar, que encaminhou uma viatura ao local. Após ouvir os relatos, os policiais militares encaminharam todos os envolvidos para a Central de Flagrantes.

Na Central de Flagrantes, o delegado plantonista ouviu todas as partes – vítima, acusados e testemunhas. Após a coleta dos depoimentos, ele decidiu por prender em flagrante os policiais, que foram encaminhados para batalhões militares diferentes.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

OUTRO LADO

A Corregedoria da Polícia Miltiar se posicionou por meio de nota e destacou que os militares não estavam em horário de serviço no momento em que foram detidos. Afirmou que eles responderão criminalmente na Justiça Comum e uma sindicância no âmbito administrativo.

Veja a nota:

A Corregedoria Geral da Polícia Militar informa que os dois policiais, tenente e soldado, encontram-se detidos em unidades militares de Cuiabá à disposição da Justiça. 

Informa ainda que ambos não estavam no exercício da função militar, portanto responderão criminalmente na Justiça comum. Já na esfera militar está sendo instaurada uma sindicância para apurar a conduta dos dois policiais. 

Fonte: Folha Max

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *