Membros de facção criminosa são presos por tentar matar homem e sobrinha em MT

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Os criminosos dispararam cinco tiros contra a vítima, que também atingiram sua sobrinha

Membros de facção criminosa são presos por tentar matar homem e sobrinha; vítima teria executado colega de bandidos
Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Uma ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso, com apoio da polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e Federal de Goiás e Minas Gerais, resultou na prisão de dois membros de uma facção criminosa envolvidos em uma  tentativa de homicídio ocorrida no mês de abril deste ano, em Porto Alegre do Norte (1.125 km de Cuiabá).

O crime ocorreu no dia 07 de abril, quando um grupo envolvido com uma facção criminosa decidiu se vingar de uma pessoa que teria supostamente cometido um homicídio contra um integrante da facção. Os criminosos dispararam cinco tiros contra a vítima, que também atingiram sua sobrinha.

Na ocasião, a Polícia Civil em Porto Alegre do Norte, com apoio da PM, conseguiu prender em flagrante cinco envolvidos no crime, além de um adolescente também apreendido.

Com a investigação em andamento, a equipe do delegado João Paulo Firpo Fontes reuniu diversas informações que levaram à identificação de mais dois envolvidos, além dos que foram presos em flagrante. Com base na apuração, o delegado representou à Justiça da Comarca de Porto Alegre do Norte pelas prisões preventivas.

Um dos alvos foi localizado com apoio da Delegacia da Polícia Civil e PM de Barra do Garças e Polícia Civil e PM da cidade de Aragarças, em Goiás. Ele fazia uso de documento falso no momento em que foi preso e foi autuado em flagrante por este delito. Além do mandado decorrente da investigação sobre a tentativa de homicídio, o suspeito também tinha em aberto uma prisão por tráfico de drogas, já com execução de sentença.

O segundo alvo da investigação foi localizado na cidade mineira de Uberlândia, em uma ação conjunta da Delegacia de Porto Alegre do Norte, com apoio da Polícia Civil e PM local, além da PRF e Polícia Federal da região. O suspeito também usava documento falso no momento em que foi preso e foi autuado em flagrante também pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

“Os dois circularam rapidamente, um em Goiás e outro em Minas, mas com o empenho de nossa equipe e parceria com as polícias de Barra do Garças e dos estados de Goiás e de Minas Gerais conseguimos prender os dois investigados”, afirmou o delegado João Paulo.

Fonte: Olhar Direto

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *