Além de aglomeração, “motociata” de Bolsonaro provoca acidente em São Paulo

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Câmeras registraram o momento em que um motociclista se desequilibra e é atingido por outros condutores que vinham logo atrás

Presidente Jair Bolsonaro participa de motociata em SP
Foto: Rodrigo Zaim/Especial Metrópoles

Apoiadores que participavam de “motociata”, em São Paulo, com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), envolveram-se em um acidente, no fim da manhã deste sábado (12/6). A Band News registrou o momento em que um motociclista se desequilibra e é atingido por outros condutores que vinham logo atrás. Vários motociclistas acabaram caindo, em sequência.

Não há informações sobre feridos no incidente. Nas imagens, porém, é possível observar que a maioria se levanta e recebe ajuda dos demais motociclistas que participavam do evento.

O ato político em apoio a Bolsonaro teve início às 9h40. Milhares de motociclistas, muitos sem máscara de proteção contra Covid-19, comparecem ao evento – que teve início na Praça Campos de Bagatelle, em Santana, na zona norte de São Paulo. Bolsonaro também não usava a proteção facial.

A manifestação ocorre após o Brasil registrar, nessa sexta-feira (11/6), 484 mil mortes por Covid-19 — 117 mil no estado de São Paulo.

Batizado de “Acelera para Cristo”, o passeio de moto de Bolsonaro chega ao estado de São Paulo após passar por Brasília e Rio de Janeiro. O encontro tem como coordenador o comerciante Jackson Vilar.

Os seguidores do presidente estão concentrados desde as 7h. Além dos motoqueiros, curiosos também participam do evento – a maior parte vestindo camiseta da Seleção ou portando a bandeira brasileira. Muitos se aglomeram para ver a saída de Bolsonaro.

Esquema de segurança

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), 6,3 mil policiais participam de um forte esquema para garantir a segurança e a fluidez no trânsito, durante a manifestação. A estimativa é que o trajeto dure cerca de 120 km e passe por algumas das principais ruas e avenidas do estado.

Conforme informado inicialmente, a saída estava programada para as 10h, no Sambódromo do Anhembi. A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), no entanto, divulgou a alteração do itinerário. O local de chegada também é outro: o Monumento às Bandeiras, no Ibirapuera, na zona sul, às 14h – e não mais o Obelisco, na mesma região.

Fonte: Metrópoles

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *