Homem que matou e enterrou mulheres em quintal passa por júri em Cuiabá

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

O suspeito também é acusado de matar e enterrar o corpo de outra mulher, Benildes Batista de Almeida, 39 anos, que foi casada com o suspeito, e estava desaparecida desde dezembro de 2013

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Tribunal do Júri marcado para ocorrer no dia 30 de junho definirá pena em face de Adilson Pinto da Fonseca, 50 anos, preso em flagrante por ocultação de cadáver e homicídio qualificado (o crime foi anterior a lei do feminicídio).

Talissa de Oliveira Ormond, 22 anos, teve a ossada localizada em maio de 2019, enterrada no quintal de uma casa, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá. Ela estava desaparecida desde julho de 2013.
 
O suspeito também é acusado de matar e enterrar o corpo de outra mulher, Benildes Batista de Almeida, 39 anos, que foi casada com o suspeito, e estava desaparecida desde dezembro de 2013. A ossada dela foi encontrada no mesmo local onde ele enterrou a primeira.
 
Após a primeira ossada ter sido encontrada, o suspeito acabou confessando as duas mortes e informando onde teria enterrado a segunda vítima.

 Julgamento ocorrerá na Primeira Vara Criminal de Cuiabá.

Fonte: Olhar Jurídico

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *