Em média, 2 mulheres foram mortas por semana em MT em 2021

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Dados mostram que 39 mulheres foram mortas no estado entre janeiro e maio deste ano. Levantamento leva em consideração pessoas do sexo feminino com idades entre 18 e 59 anos

39 mulheres foram mortas em MT neste ano — Foto: Wagner Magalhães/Arte G1
39 mulheres foram mortas em MT neste ano — Foto: Wagner Magalhães/Arte G1

Mato Grosso registrou 39 mortes de mulheres entre janeiro e maio deste ano, sendo 20 homicídio e 19 feminicídios, conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT). A média é de quase duas mortes de mulheres por semana no estado.

O levantamento leva em consideração pessoas do sexo feminino com idades entre 18 e 59 anos.

De acordo com a secretaria, se comparado com o mesmo período de 2020, quando foram registrados 11 homicídios nos primeiros cinco meses do ano, o aumento foi de 82%.

Já o número de feminicídios teve uma queda de 30%. Em 2020, foram 27 contabilizados no período.

Feminicídio é o assassinato de uma mulher cometido devido ao fato de ela ser mulher ou em decorrência da violência doméstica. Foi inserido no Código Penal como uma qualificação do crime de homicídio em 2015 e é considerado crime hediondo.

No ano passado, se comparado a 2019, período antes da pandemia, os casos de feminicídio aumentaram 58% em Mato Grosso.

Em novembro de 2020, quando a taxa do aumento estava em 42% até aquela data, a presidente da Comissão de Direito da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT), Clarissa Lopes, havia comentado, em entrevista ao G1, que a pandemia e o isolamento social foram dois fatores que contribuíram para o estouro de casos.

Crimes contra as mulheres aumentam em MT — Foto: Editoria de Arte/G1
Crimes contra as mulheres aumentam em MT — Foto: Editoria de Arte/G1

Outros crimes contra a mulher

Os dados da Secretaria de Segurança Pública também mostram aumento de 3% e 27% em casos de estupro e importunação sexual, respectivamente.

De janeiro a maio do ano passado 173 mulheres foram estupradas, contra 178 no mesmo período deste ano. Outras 82 sofreram importunação sexual naquele período de 2020. Já neste ano, foram 104 registros.

Ameaça , lesão corporal e assédio sexual apresentaram queda de 2%, 10% e 9%, respectivamente, neste ano.

  • Ameaça – 2020: 7.409 denúncias / 2021: 7.229
  • Lesão corporal – 2020: 3.911 denúncias / 2021: 3.513
  • Assédio sexual – 2020: 77 denúncias / 2021: 70

Fonte: G1 MT

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *