Polícia Civil destrói 142 armas apreendidas e incinera mais de 3 toneladas de drogas em Rondonópolis

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Os armamentos foram apreendidos nos últimos anos em operações e ações investigativas realizadas pela unidade especializada

Armas são destruídas em MT — Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (Derf), a 218 km de Cuiabá, encaminhou nesta última quinta-feira (29), 142 armas de fogo para destruição. Os armamentos foram apreendidos nos últimos anos em operações e ações investigativas realizadas pela unidade especializada.

Todas as armas já passaram pela perícia da Politec e de acordo com o delegado Santiago Rozendo Sanches, a destruição foi possível após empenho da equipe da unidade policial e representação encaminhada ao Poder Judiciário, que autorizou a destruição das armas.

A destruição dos armamentos é importante tanto para a segurança, quanto para a liberação de espaço na delegacia.

Incineração de drogas

Drogas são incineradas em MT — Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil em Paranaíta, a 851 de Cuiabá, incinerou nesta última quinta-feira (29), 3,3 mil quilos de entorpecentes apreendidos no município.

De acordo com o delegado Antenor Pimentel Marcondes, a droga foi encaminhada para incineração após autorização do juiz da Comarca de Paranaíta, Tibério de Lucena Batista.

Conforme exigência legal, o ato contou com a presença de representantes do Ministério Público, Daniele Baumgarten; da Vigilância Sanitária, Antônio da Silva e da Politec, Alan Vinicius de Figueiredo Lugli. Também acompanharam o ato delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles de Carvalho e a escrivã, Iraci Zeczkoski.

A incineração foi realizada em uma indústria cerâmica de Paranaíta, com apoio do empresário Valmir Mumbach.

Fonte: G1 MT

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *