Empresária é brutalmente assassinada e corpo encontrado em Colniza

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

O feminicídio causou grande comoção social e indignação na cidade. Andrea deixa um casal de filhos

Empresária é brutalmente assassinada e corpo encontrado em rodovia; marido é preso
Foto: Reprodução / Facebook

A empresária Andrea Ramos Costa, de 31 anos, foi assassinada com golpes de um objeto contundente na região da cabeça, no distrito de Guariba, em Colniza (1.033 km de Cuiabá). O corpo da vítima foi encontrado nesta última segunda-feira (22). O marido Diego Fernandes de Almeida, de 27 anos, acabou preso por suspeita de feminicídio.

A ocorrência começou quando o marido da empresária teria ido até uma unidade da Polícia Militar com o filho de Andrea para comunicar que sua esposa estaria desaparecida. Os agentes perceberam que o homem estaria nervoso e resolveram ligar para Andrea pelo WhatsApp. No entanto, as ligações não eram atendidas, mas as mensagens eram entregues.

Os policiais então foram até a casa da empresária e encontraram o celular dela dentro do guarda-roupas, juntamente com uma bermuda com vestígios de sangue. Em vistoria na caminhonete da vítima, os militares observaram mais sangue e também perceberam que havia areia na carroceria.

Diante da suspeita de um possível crime, o marido de Andrea recebeu voz de prisão e os policiais começaram as diligências para localizar a vítima.

Durante as buscas, os agentes conseguiram imagens do suspeito vestido com a bermuda localizada no guarda-roupas, saindo da residência da vítima por volta das 04h30. Na carroceria um colchão que foi encontrado queimado próximo a Serraria Garça (MT-206).

Por volta das 13h30, os militares receberam informações de que o corpo estaria em frente ao Portão da Serraria Xuma, local onde a vítima foi encontrada sem vida e com vários hematomas pelo corpo, muitos vestígios de sangue, sendo verificado um ferimento contundente na cabeça.

Outros vídeos também mostraram Diego fazendo o transporte de areia na caminhonete. Posteriormente, a irmã da vítima compareceu ao Quartel da PM informando que encontrou lençóis com manchas de sangue na máquina de lavar.

O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

O feminicídio causou grande comoção social e indignação na cidade. Andrea deixa um casal de filhos.

Fonte: Olhar Direto

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *