PM troca tiros e impede membros de facção matar desafeto e cortar cabeça em Tangará da Serra

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Salva por PMs, vítima disse que seria morta e decapitada pelos criminosos

apreensao pm tangara.jpeg
Foto: Divulgação

Três homens e uma mulher foram presos na tarde desta última sexta-feira (27), após uma tentativa de homicídio no bairro Vila Esmeralda, em Tangará da Serra (242 km de Cuiabá).

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada com a informação de que no bairro Vila Esmeralda, um grupo de faccionados estaria reunido para executar um jovem que vendia drogas no local.

Ao chegarem ao endereço, os suspeitos perceberam a presença das policiais e fugiram para uma região de mata efetuando disparos de arma de fogo em direção aos militares.

Os policiais revidaram e houve troca de tiros. Durante buscas pelo local foram encontradas oito porções grandes e uma pequena de substância análoga à cocaína, uma porção de maconha, uma balança de precisão, um rolo de plástico filme, uma folha com anotações do tráfico de entorpecentes, uma mala azul e uma pistola calibre 9 milímetros carregada com sete munições intactas.

A PM conseguiu deter três homens e uma mulher. Durante entrevista com a suposta vítima, identificado como Sérgio, ele relatou aos policiais que suspeitos estariam reunidos com a finalidade de executá-lo e decapitá-lo. Sua cabeça seria levada dentro de uma mala.

Diante da situação, todos os suspeitos foram conduzidos para a delegacia juntamente com o material apreendido. Ocaso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Folha Max

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *