MPE cobra cumprimento de sentenças e pede prisão de ex-secretário de MT

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Pedro Nadaf quer cumprir pena no semiaberto por conta da delação premiada

nadaf-omar.jpg
Foto: Divulgação

O Ministério Público Estadual pediu, no último dia 31 de agosto, a prisão do ex-secretário da Casa Civil, Pedro Nadaf. O pedido está sob análise do juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execuções Penais.

No pedido, o promotor Rubens Alves de Paula alegou que o ex-secretário já pode iniciar o cumprimento de suas penas em regime fechado. Isso porque, o somatório de condenações já é suficiente para iniciar o cumprimento da pena.

“Nesta toada, o parquet pugna ainda pela expedição de mandado de prisão em desfavor do penitente Pedro Jamil Nadaf, tendo em vista que deverá dar início ao cumprimento de pena em regime fechado, ante o resultado da somatória das condenações”, diz trecho do parecer.

Já a defesa de Nadaf defende o cumprimento da pena no regime semiaberto. A alegação é de que ele firmou colaboração com a Procuradoria Geral da República e ajudou a desvendar crimes, além de devolver recursos supostamente desviados.

Pedro Nadaf foi um dos principais alvos da “operação Sodoma” junto com o ex-governador Silval Barbosa. Ele é acusado de ser um dos operadores do esquema de pagamento de propina com empresas que mantinham contrato com o Governo e que recebiam incentivos fiscais na gestão de Silval.

Em 2015, chegou a ser preso pela Delegacia Fazendária e foi solto, cerca de 1 ano depois, após passar a confessar os crimes. Em 2017, firmou colaboração premiada com a PGR.

OUTRO LADO

Ao FOLHAMAX, a defesa de Nadaf explicou que toda pena prevista no acordo de colaboração premiada está devidamente cumprida. Ao todo, foram cinco anos de pena geral

Destes, um ano foi em regime fechado e quatro de semiaberto com possibilidade de remissão. “Seguimos a disposição da Justiça para prestar os esclarecimentos”, disse o advogado Omar Kalil.

Fonte: Folha Max

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *