Saúde de Cuiabá, ex-secretário e empresas são alvos de operação da Polícia Federal

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Os agentes da Polícia Federal também estão cumprindo mandados de busca e apreensão em empresas, sendo uma delas a MT Pharmacy

Saúde de Cuiabá, ex-secretário e empresas são alvos de operação da Polícia Federal
Foto: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou, nas primeiras horas desta quinta-feira (30), a ‘Operação Colusão’, com objetivo de apurar supostas fraudes na saúde de Cuiabá. O prédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é um dos alvos de mandados de busca e apreensão. 

Olhar Direto apurou que o ex-secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, também é um dos alvos. Os agentes estão em seu apartamento, na avenida Antártica, bairro Santa Rosa, neste momento, onde buscam por documentos e informaçoes digitais que possam auxiliar nas investigações.

Os agentes da Polícia Federal também estão cumprindo mandados de busca e apreensão em empresas, sendo uma delas a MT Pharmacy. Os alvos teriam se unido para, supostamente, fraudar contas públicas.

No total, são cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em Cuiabá e Nova Canaã do Norte (MT), com participação de quatro auditores da Controladoria-Geral da União (CGU). A Justiça determinou cautelares de sequestro de bens e valores.

Ainda conforme o apurado pela reportagem, além dos mandados, há intimações para que alvos sejam encaminhados à Polícia Federal para depor sobre as supostas fraudes. O ex-secretário é um dos que terão de prestar esclarecimentos.

Outro lado

A Prefeitura de Cuiabá informou através de nota que “aguarda detalhes sobre a apuração, mas 
está à disposição para prestar auxílio e esclarecimentos. Assevera ainda que é a maior interessada no desenrolar da apuração e reafirma o compromisso de probidade e lisura na administração de recursos públicos”.

Colusão

O nome da operação é em alusão significa um acordo entre as partes com o objetivo de prejudicar e lesar tercieros, o que corrobora com a investigação, que apura a organização do grupo para cometer fraudes na Saúde.

Foto: Reprodução

Fonte: Olhar Direto

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *