Mato Grosso tem 56 mil pessoas à espera de um procedimento oftalmológico

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Secretaria de Estado de Saúde reconhece que existe uma demanda expressiva de atendimentos na área oftalmológica

Foto: Imagem de Tobias Dahlberg por Pixabay

O número de consultas, exames e cirurgias represadas no Sistema Único de Saúde (SUS) é alto, em Mato Grosso. Entre os serviços com maior demanda, estão os procedimentos oftalmológicos. Para diminuir ou zerar a fila de espera, o Estado vai contratar 56 mil cirurgias oftalmológicas pelo Instituto Lions da Visão, por meio do programa “Mais MT Cirurgias”.

O anúncio foi feito pelo Governo do Estado neste último fim de semana. Para atingir a meta, será feito o repasse de R$ 6 milhões para o Hospital Filantrópico de Oftalmologia Lions da Visão. O repasse será feito conforme produção e a estimativa é de que sejam realizados 56 mil procedimentos ambulatoriais e cirúrgicos via SUS.

De acordo com o governador Mauro Mendes, hoje o programa “Mais MT Cirurgias” tem disponível mais de R$ 100 milhões para investir em cirurgias eletivas em parceria com os hospitais e os municípios. “Dessa forma, vamos conseguir minimizar dores e salvar vidas de muitas pessoas”, disse. “Esse recurso destinado para o Instituto Lions da Visão vai ajudar milhares e milhares de mato-grossenses que poderão ter a oportunidade de recuperar sua visão e voltar a enxergar com qualidade. Isso não tem preço”, completou.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, reforça a expectativa de “zerar” a fila por atendimentos oftalmológicos. “Existe uma demanda expressiva de atendimentos na área oftalmológica que congestiona o Sistema de Regulação. Com a inauguração desse hospital, em parceria com o Governo de Estado, vamos trabalhar incessantemente para acabar com a fila de espera por esse procedimento para nenhum mato-grossense deixar de enxergar o crescimento do nosso Estado”, afiançou.

Entre as cirurgias a serem realizadas estão catarata, glaucoma, estrabismo, pterígio e de blefaroplastia. O anúncio do aporte financeiro ocorreu durante a inauguração da nova sede do hospital. A obra de construção estava parada há 10 anos. A retomada das obras foi assinada em outubro de 2020 pelo Estado com a destinação de recursos estaduais via convênios totalizados em R$ 2 milhões.

“Este é um momento muito importante e feliz porque estamos entregando ao necessitado um serviço que muitos estão precisando. Agora, os carentes vão contar com um hospital moderno e de alta qualidade”, destacou o presidente do Instituto Lions da Visão, Whady Lacerda.

Além do apoio do Governo do Estado, conforme a assessoria de imprensa, o Instituto recebeu doações voluntárias de apoiadores e também da Assembleia Legislativa, de deputados federais e senadores, por meio de emendas parlamentares. No total, a construção do hospital ficou avaliada em mais R$ 40 milhões.

O Hospital Oftalmológico Lions da Visão está localizado no Bairro CPA 1, em Cuiabá, e dispõe de uma estrutura de 3 mil m² de área construída e 16 mil m² de área total. O local conta com 10 leitos de enfermaria, quatro centros cirúrgicos com a capacidade de realizar 100 procedimentos por dia.

O anúncio também foi feito na semana em que se celebra o Dia Mundial da Visão, uma iniciativa anual, na segunda quinta-feira de outubro, criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1998 para chamar a atenção para os problemas da visão, como a cegueira e a deficiência visual.

Fonte: Diário de Cuiabá

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *