Homem que perseguia a ex no trabalho e redes sociais ameaçando se matar é preso em Sapezal

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

A vítima, de 34 anos, possui medidas protetivas contra o ex-companheiro

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Um homem suspeito de descumprimento de medidas protetivas da Lei Maria da Penha teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (30.12), no município de Sapezal. O suspeito de 48 anos perseguia a ex-companheira e ameaçava a tirar a própria vida, caso ela não voltasse com ele.

A vítima, de 34 anos, que possui medidas protetivas contra o ex-companheiro, compareceu a Delegacia de Sapezal no dia 21 de dezembro, comunicando que o suspeito estava a perseguindo em seu local de trabalho.

Segundo a vítima, o laboratório em que ela trabalha não faz parte de trajetos feitos pelo ex-companheiro, porém ele ficou a aguardando na porta e posteriormente a seguiu de bicicleta. Na ocasião, ela teve que aumentar a velocidade da sua motocicleta e pegar um trajeto diferente para sua residência.

O suspeito ainda postava diariamente em suas redes sociais, mensagens de cunho amoroso e de ameaças contra a própria vida para persuadir a vítima a voltar com ele. A vítima disse que não podia mais ter vida social, pois tinha medo de sair e encontrar com o ex-companheiro.

Diante dos fatos, o delegado de Sapezal, Heberth Hugo Montenegro de Souza representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida nesta quinta-feira (30) pela equipe de policiais da Delegacia de Sapezal.

Fonte: PJC/Assessoria da Polícia Judiciária Civil

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *