Homem é preso por agredir e violentar sua própria filha de 14 anos em Nova Guarita

Segundo a menor os abusos sexuais começaram a ser mais frequentes, após um caso de estupro na família

Foto: Divulgação

O fato ocorreu por volta das 14 horas na data de ontem (22) na cidade de Nova Guarita município vizinho de Colíder por cerca de 112 km.

Onde a Policia Militar de Nova Guarita, após receber uma ligação da avó da vítima.

Que relatou que sua neta menor de idade, 14 anos, que estava em uma propriedade rural no Sítio em uma comunidade denominada Serra Negra, havia ligado desesperada relatando ter sofrido abuso sexual pelo seu próprio pai. O suspeito de 35 anos, que é filho da denunciante e pai da vítima.

 De imediato os policiais acionaram o conselho tutelar e se deslocaram até a comunidade Serra Negra, situada a uns 20 km do centro de Nova Guarita.

No local, A Guarnição identificou as vítimas, sendo três menores, a de 14 anos, uma de 11 anos e outra de 05 anos, que estavam em estado de choque, e ao verem os PMS e o conselho tutelar começaram a chorar e imediatamente indicaram onde o suspeito se encontrava.

Os policiais adentraram na residência, e no local localizaram o suspeito completamente despido, dormindo, deitado no chão.

A vítima afirmou que o suspeito começou a agir de forma violenta, a partir do momento, que houve um estupro envolvendo o primo.

 No entanto, a partir deste fato os abusos sexuais começaram a ser mais frequentes; e que na data de ontem teria sofrido agressões físicas (surra de cinta).

 E que, posteriormente, teria acontecido a violência sexual.

 Diante dos fatos a guarnição deu voz de prisão ao suspeito e em seguida encaminhou para delegacia da cidade de Terra Nova do Norte.

Os menores ficaram sobre os cuidados do conselho tutelar da cidade, pois os pais são separados, e as crianças viviam na tutela do pai.

Fonte: NG Notícias

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *