Polícia apreende três crianças suspeitas de estuprar, afogar e matar menino de 5 anos no Pará

Entre no grupo do Olhar Cidade no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Os meninos, que têm 9, 11 e 12 anos, foram conduzidas para a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil por uma equipe da Polícia Militar da Vila Capistrano de Abreu

Foto: Divulgação

Três crianças, com idade entre 9 e 12 anos, foram levadas para uma delegacia nesta quinta-feira, 17, em Marabá, na região sudeste do Pará. Elas são suspeitas de espancar, estuprar e afogar até a morte um menino de 5 anos na zona rural do município. As informações são da imprensa local.

Os meninos, que têm 9, 11 e 12 anos, foram conduzidas para a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil por uma equipe da Polícia Militar da Vila Capistrano de Abreu. Segundo informações, eles levaram o garoto até uma represa, onde o menino foi amarrado, agredido, estuprado e jogado na água.

Segundo o cabo Jordeilton Santos, da Polícia Militar, a vítima, que não teve o nome revelado, não sabia nadar e acabou morrendo afogada, o trio autor da barbárie fugiu. Tudo aconteceu na tarde de ontem e o corpo da criança foi encontrado na manhã de hoje, por um familiar.

Em imagens que circulam em grupos de redes sociais, a mãe do menino segura o corpo do filho, que estava sem roupas. Após descoberta a autoria do crime, a população da vila ficou revoltada e um grupo tentou linchar os três garotos.

Além das três crianças responsáveis pelo crime, a polícia também encaminhou os responsáveis por eles para a delegacia. Os menores serão acompanhados pelo Conselho Tutelar da cidade.

Fonte: Roma News, com informações de Correio de Carajás.

Fonte:

Três crianças, com idade entre 9 e 12 anos, foram levadas para uma delegacia nesta quinta-feira, 17, em Marabá, na região sudeste do Pará. Elas são suspeitas de espancar, estuprar e afogar até a morte um menino de 5 anos na zona rural do município. As informações são da imprensa local.

Os meninos, que têm 9, 11 e 12 anos, foram conduzidas para a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil por uma equipe da Polícia Militar da Vila Capistrano de Abreu. Segundo informações, eles levaram o garoto até uma represa, onde o menino foi amarrado, agredido, estuprado e jogado na água.

Segundo o cabo Jordeilton Santos, da Polícia Militar, a vítima, que não teve o nome revelado, não sabia nadar e acabou morrendo afogada, o trio autor da barbárie fugiu. Tudo aconteceu na tarde de ontem e o corpo da criança foi encontrado na manhã de hoje, por um familiar.

Em imagens que circulam em grupos de redes sociais, a mãe do menino segura o corpo do filho, que estava sem roupas. Após descoberta a autoria do crime, a população da vila ficou revoltada e um grupo tentou linchar os três garotos.

Além das três crianças responsáveis pelo crime, a polícia também encaminhou os responsáveis por eles para a delegacia. Os menores serão acompanhados pelo Conselho Tutelar da cidade.

Fonte: Roma News, com informações de Correio de Carajás.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *