Dono de sitio é agredido após atirar em homem que estava pescado em sua propriedade em Novo Mundo

Segundo informação, o proprietário do sitio flagrou um homem pescando em sua represa, onde o mesmo cria peixes, diante disso ele pediu que o homem saísse de sua propriedade, momento em que ele começou a ser ameaçado.

Em 10/11/2017 09:22:00 na sessão Cidades

Foto: O Território O tiro acabou atingindo o abdômen de Adimilson dos Santos de 34 anos.

Um homem invadiu uma propriedade para pescar e acabou sendo baleado na manhã de quarta-feira (08/11), por volta das 10h na Linha Guerreiro na zuna Rural de Novo Mundo.

Segundo informação, o proprietário do sitio flagrou um homem pescando em sua represa, onde o mesmo cria peixes, diante disso ele pediu que o homem saísse de sua propriedade, momento em que ele começou a ser ameaçado.

Após as ameaças o dono do sitio foi para sua casa, onde logo em seguida três homens chegaram para tirar satisfação com o mesmo. Com medo o sitiante permaneceu dentro da casa.

Em determinado momento, o sitiante acabou disparando um tiro de espingarda contra os três homens que estavam do lado de fora. O tiro acabou atingindo o abdômen de Adimilson dos Santos de 34 anos.

Revoltados com a ação, os outros dois homens invadiram a residência e entram em luta corporal com o sitiante, em determinado momento eles conseguiram pegar a espingarda e desferiram várias coronhadas na cabeça do mesmo, até o cabo da arma quebrar, tentando impedir às agressões a esposa da vítima entrou na briga, momento em que ela acabou sendo atingida com um soco no olho.


A Polícia foi acionada, para conter a confusão, onde se deslocou até o local e constatou a veracidade do fato.

O sitiante foi encaminhado ao hospital de Peixoto de Azevedo, onde ficou sob cuidados médicos. Adimilson foi levado ao PSF de Novo Mundo e posteriormente ao hospital Jardim Vitoria de Guarantã do Norte. O atual estado de saúde dos dois não foi divulgado.


Os outros dois envolvidos na confusão foram encaminhados apara a Delegacia de Polícia Civil para maiores esclarecimentos.

Fonte: Olhar Cidade da Redação (Informações: O Território)



Por olharcidade2@gmail.com 10/11/2017 09:22:00

Mais notícias da sessão: Cidades