Tradicional eleição da associação dos cornos aconteceu em Peixoto; Major reeleito presidente

O mandato tem validade de um ano, Major disse que honrará os votos dos "cornos" filiados na associação.

Em 08/01/2018 02:12:00 na sessão Cidades

Foto: Olhar Cidade com Gerlan Melo Presidente Major comemora a vitória da sua chapa, eleita com a maioria dos votos

Ocorreu neste domingo (07-01) a eleição da Associação dos Cornos de Peixoto de Azevedo em Mato Grosso; a eleição que se tornou tradicional é uma das mais aguardada do ano na cidade, e no começo de todo ano a escolha ocorre, elegendo assim o corno que levou mais chifre em 2017 e posteriormente fará gestão como presidente de 2018 à 2019

Segundo o idealizador da Associação dos Cornos de Peixoto de Azevedo, Claudinho Sorriso membro do conselho fiscal, relata que a Associação iniciou devido sua casa ser uma Mercearia onde frequenta vários amigos para tomar cerveja e jogar dominó nos finais de semana, logo alguns sempre relatam suas vidas amorosas e a maioria deles levaram chifres de suas mulheres; assim logo surgiu a ideia de organizar a associação dos cornos, onde hoje tem aproximadamente 753 filiados.

Claudinho Sorriso fala dos variados tipos de cornos da Associação, dentre eles destaca: O CORNO MARIBONDO, "que é aquele que morre queimado mais não sai da casa", O CORNO LIGADO, que é aquele que falam que ele estar pegando chifre e ele responde "Tô ligado", O CORNO SAPO é aquele que quando descobre que foi traído fica "se inchando", O CORNO POLÍTICO que é aquele que só sabe que é corno depois que "é eleito" e o CORNO CAMALIÃO, que é aquele que "tem chifre até no rabo"; além desses existe vários outros como o corno cuscuz, o corno de biqueira, o corno trator, e o tradicional corno manso.

A eleição 2018 teve quatro candidatos e segundo regras do estatuto da instituição suas identidades originais não podem ser reveladas, apenas seus apelidos, sendo assim todos podem participar do pleito político, desde que sejam associados e por livre e espontânea vontade. Houve mais de 20 chapas montadas, porém suas coligações foram reduzidas em quatro chapas para a votação que ficaram assim: Chapa 01 Major, Chapa 02 Viola, Chapa 03 Nenêgo e Chapa 04 Corninho do Centro antigo.

A votação ocorreu durante todo o domingo sendo reeleito o candidato Major com 282 votos, em segundo lugar o candidato Nenêgo com 58 votos, em terceiro lugar o candidato Viola com 42 votos e em quarto lugar o candidato Corninho do Centro Antigo com 18 votos, chegando um total de 400 votos.

O presidente reeleito dos Cornos Major, fez um discurso após a contagem dos votos, parabenizando seus adversários pela respeitosa eleição, agradeceu o cidadão que exerceu seu voto democraticamente e disse que as eleições acabaram ali e que os associados agora precisam de união, afinal de contas todos são cornos mesmo. Afirmou que honrará cada voto ali recebido e uns dos seus primeiros trabalhos na gestão 2018 é associar ainda mais cornos nesta importante e democrática associação.

Olhar Cidade da Redação



Por olharcidade2@gmail.com 08/01/2018 02:12:00

Mais notícias da sessão: Cidades