Produtores rurais encontram macacos mortos no Araguaia e temem febre amarela

A Secretaria de Saúde de Santa Terezinha esteve com uma equipe da vigilância sanitária visitando o local.

Em 11/01/2018 02:40:00 na sessão Cidades

Foto: Reprodução

Moradores do Assentamento Carlos Pericioli, zona rural do município de Santa Terezinha(135 km de Vila Rica), estão preocupados com o risco de contágio por febre amarela depois que macacos foram encontrados mortos na região nos últimos dias.

A Secretaria de Saúde de Santa Terezinha esteve com uma equipe da vigilância sanitária visitando o assentamento na quarta-feira, 10 de janeiro, e segundo relatos de um morador do local, aproximadamente 8 macacos foram vistos mortos já em avançado estado de decomposição, em uma região de mata. Há relatos de que outros moradores também teriam visto alguns primatas mortos na região.

"Nós estivemos no local, mas não vimos nenhum macaco morto. Os moradores relataram que os animais foram encontrados mortos há umas 3 semanas em uma área de mata distante do assentamento e possivelmente encontraríamos somente os ossos", relatou o Secretário Ailton Galeno.

Ainda de acordo com Ailton, medidas preventivas serão realizadas nos próximos dias pela Secretaria de Saúde. "Nós iremos realizar o reforço da vacinação contra a febre amarela na região, nós não encontramos os macacos mortos, mas estamos de sobreaviso devido os relatos dos moradores e pelo fato de nossa equipe ter encontrado no assentamento o mosquito transmissor da febre amarela".

Como reconhecer a doença e se proteger

A febre amarela causa sintomas como dor de cabeça, febre baixa, fraqueza e vômitos, dores musculares e nas articulações. Em sua fase mais grave, pode causar inflamação no fígado e nos rins, sangramentos na pele e levar à morte.

Para evitar a doença, o Ministério recomenda usar repelente em crianças a partir de 2 meses de idade e evitar usar perfume em áreas de mata.

Caso seja necessário viajar a áreas com registros da doença - ou mesmo frequentar parques onde houve morte de macacos por suspeita do vírus - tomar a vacina pelo menos dez dias antes da viagem

Fonte:

Eldorado.FM



Por olharcidade3@gmail.com 11/01/2018 02:40:00

Mais notícias da sessão: Cidades