Após reunião e falta de pagamentos, funcionários da Santa Casa de Cuiabá entram em greve na próxima semana

O hospital aguardava repasses do Governo do Estado com relação aos meses de novembro e dezembro.

Em 12/01/2018 10:05:00 na sessão Cidades

O Sindicato de Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso (Sinpen) enviou um ofício ao presidente da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá nesta quinta-feira (11) notificando sobre o indicativo de greve de cerca de 280 profissionais de enfermagem que trabalham no hospital, que deve começar na próxima semana.

Durante uma reunião dos funcionários da Santa Casa na última terça-feira na sede do Sinpen, com a presença de representantes do hospital e do sindicato dos outros servidores, o presidente da Santa Casa, Antonio Gonçalves Preza, pediu um prazo de 24 horas para regularizar os pagamentos. O hospital aguardava repasses do Governo do Estado com relação aos meses de novembro e dezembro.

Os servidores reclamam do atraso de 70 dias do pagamento de salários, da falta de depósito de FGTS, falta de pagamento de vale alimentação, falta de pagamento de férias, falta de concessão de intervalo intrajornada, falta de alimentação decente e falta de condições dignas de trabalho.

O pagamento acabou não sendo realizado durante as 24 horas pedidase o Sinpen protocolou o indicativo de greve nesta quinta-feira (11), enviando um ofício ao presidente da Santa Casa informando sobre a paralisação, que deve acontecer em 72 horas úteis.

Fonte: Olhar Direto



Por olharcidade2@gmail.com 12/01/2018 10:05:00

Mais notícias da sessão: Cidades