11 de Junho comemora-se o Dia da Marinha Brasileira, Dia do Educador Sanitário e Dia de São Barnabé

11 de junho é o 162.º dia do ano no calendário gregoriano (163.º em anos bissextos). Faltam 203 para acabar o ano.

Em 11/06/2018 07:11:00 na sessão Entretenimento

Dia da Marinha Brasileira

O Dia da Marinha Brasileira é comemorado anualmente em 11 de junho.

Esta é uma data de extrema importância para a nação, pois homenageia a Marinha do Brasil, uma das Forças Armadas responsável por proteger as fronteiras marítimas do país, com mais de 8,5 mil quilômetros de extensão.

A principal missão da Marinha é proteger a pátria. Em períodos de paz, a Marinha atua como guarda costeira, protegendo o literal brasileiro de possíveis invasões.

Atualmente, o Brasil possui 16 portos principais e 4 grandes terminais, por onde circulam aproximadamente 26 mil navios por ano. Segundo dados de 2009, a Marinha tem 59, 6 mil militares em suas fileiras.

Amazônia Azul

Para conscientizar sobre a importância das águas brasileiras, a Marinha cunhou o termo "Amazônia Azul". Afinal, o tamanho das águas territoriais brasileiras é quase igual ao da Floresta Amazônica e da maior relevância para o futuro do país.

Origem do Dia da Marinha

Esta data é uma homenagem a primeira batalha naval representativa do Brasil: a Batalha Naval do Riachuelo, que ocorreu em 11 de junho de 1865.

De acordo com a história, a esquadra da Marinha Brasileira, comandada pelo Almirante Barroso (1804-1882), combateu durante 8 horas contra os paraguaios, que tiveram as suas esquadras parcialmente destruídas. Após esta batalha, os paraguaios perderam a iniciativa e somente combatiam para defender-se.

Por sua atuação, o Almirante Barroso recebeu o título de Barão do Amazonas.

Dia do Educador Sanitário

O Dia do Educador Sanitário é celebrado anualmente em 11 de junho.

Esta data homenageia a atividade do profissional que investiga, alerta e orienta a população sobre os cuidados higiênicos e sanitários adequados para evitar problemas de saúde.

Um educador sanitário qualificado deve ser formado e dominar duas zonas distintas: a nível humano e a nível profissional.

Além de ter todos os conhecimentos sobre a realidade da saúde de determinada área em que atua, o educador sanitário também deve desempenhar o seu trabalho baseado nos valores humanos, mantendo um equilíbrio psicológico e emocional.

Como forma de comemoração, nesta data são reforçadas as atividades de conscientização civil e governamental sobre todos os cuidados que devemos ter para evitar a proliferação de doenças.

A educação sanitária passa desde os cuidados higiênicos com o corpo e o ambiente em que habita, até a preservação do ecossistema local.

O primeiro curso para a formação do Educador Sanitário foi oferecido pela Universidade de São Paulo, em 1920. Entretanto, com a abertura das faculdades de enfermagem, houve uma diminuição pela procura desta carreira.

Atualmente, o foco da educação sanitária está voltado para a educação em saúde.

Dia de São Barnabé

O Dia de São Barnabé é celebrado em 11 de junho.

Esta data homenageia um dos primeiros cristãos a ser mencionado no Novo Testamento da Bíblia Cristã. Embora não tenha pertencido ao grupo dos Doze Apóstolos de Cristo, Barnabé é uma figura que viveu na "era apostólica" e, por essa razão, também conhecido como Barnabé Apóstolo.

Ele é mencionado nos Atos dos Apóstolos com o nome de José, natural do Chipre e que possuía um sítio. Vende-o e doa o dinheiro para os Apóstolos que começavam a fazer seu trabalho de evangelização.

Assim, Barnabé, cujo nome significa "filho da consolação" é designado para pregar na região de Antioquia (na atual Turquia) e leva consigo o recém-convertido Paulo. Ali, a dupla faria muito adeptos e por primeira vez os seguidores de Jesus seriam chamados de cristãos.

A sua festa litúrgica é celebrada tanto pela Igreja Católica Romana como pela Ortodoxa. A escolha do dia 11 de junho é uma referência a data de sua morte, em 61 d.C. quando Barnabé morreu apedrejado, provavelmente na ilha de Salamina, uma ilha no Mar Egeu.

São Barnabé é considerado o padroeiro de Chipre, da Antioquia e de Milão, local onde teria sido o primeiro dos bispos da cidade.



Por olharcidade2@gmail.com 11/06/2018 07:11:00

Mais notícias da sessão: Entretenimento