12 de Junho comemora-se o Dia dos Namorados, Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil entre outros; confira

12 de junho é o 163.º dia do ano no calendário gregoriano. Faltam 202 para acabar o ano.

Em 12/06/2018 07:35:00 na sessão Entretenimento

Foto: Ilustrativa

Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados é comemorado em 12 de junho no Brasil

É muito comum nessa data a troca de cartões postais e presentes especiais, pelos casais que aproveitam para celebrar sua união. Além disso, muitos viajam ou planejam um jantar especial. Nesta data, os casais também agradecem o companheirismo e a dedicação entre ambos durante o ano todo.

Fora do Brasil, especialmente nos Estados Unidos e na Europa, o Dia dos Namorados é celebrado em 14 de fevereiro, data também conhecida como Dia de São Valentim (Valentine"s Day).

Origem do Dia dos Namorados

A data é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia 13, Dia de Santo Antônio, conhecido por ser um santo português casamenteiro.

Santo Antônio é conhecido como protetor dos noivos, e é tradição em Lisboa celebrar um casamento coletivo no dia 13 de junho, na própria Igreja onde Santo Antônio nasceu.

Quem deseja casar, há várias simpatias para realizar no dia de Santo Antônio. Uma delas consiste em retirar o Menino Jesus que o santo carrega, prometendo só devolvê-lo depois que encontrar um marido.

Também colocar a imagem de Santo Antônio de cabeça para baixo, prometendo que só mudariam a posição quando Santo Antônio lhes arranjasse um marido. Estes rituais eram geralmente feitos na madrugada do dia 13 de junho.

No Brasil, a data surgiu no comércio paulista, quando o publicitário João Dória conheceu o Dia de São Valentim em uma de suas viagens ao exterior, e trouxe a mesma ideia para o Brasil, porém adaptada, e desde então passou de uma data apenas comercial, para uma data romântica e de comemoração.

Dia do Correio Aéreo Nacional

O Dia do Correio Aéreo Nacional e o Dia da Aviação de Transporte celebram-se anualmente dia 12 de junho no Brasil.

Esta data recorda o primeiro voo realizado pelo tenentes do Exército Casemiro Montenegro Filho e Nelson Freire Lavanere-Wanderley.

A aeronave partiu de São Paulo para o Rio de Janeiro levando uma mala postal com duas cartas e a viagem durou cinco horas.

Já o retorno foi mais rápido e teve a duração de três horas e meia. Assim estava inaugurado o serviço de postal aéreo entre as duas cidades.

Os pilotos conduziram um modelo Curtiss Fledgling, com a matrícula K263, que ainda pode ser visto nos Campos Afonsos, no Rio de Janeiro.

Com a criação do Ministério da Aeronáutica, em 1941, os serviços aéreos mantidos pelo Exército e a Marinha foram unidos em um só. Desta maneira, o Correio Aéreo Nacional (CAN) passou a funcionar sob a supervisão deste órgão.

Progressivamente, os voos se deslocaram para as regiões centro-oeste e norte do Brasil, onde só é possível alcançar muitas localidades graças aos aviões.

O CAN teve um papel primordial para a construção da nova capital do país, Brasília, localizada a 1.200 quilômetros do Rio. Na falta de estradas e hidrovias foram os aviões do CAN que levaram as milhares de toneladas de material de construção, máquinas pesadas, trabalhadores e os incontáveis passageiros do governo.

Atualmente, 15 unidades aéreas atuam em vários pontos do território nacional e também já participaram de missões internacionais em países como o Haiti, Suriname, Equador e Líbano.

Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

O Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil(World Day Against Child Labour) é celebrado anualmente em 12 de junho.

O principal objetivo da data é alertar a comunidade em geral e os diferentes núcleos do governo sobre a realidade do trabalho infantil, uma prática que se mantém corriqueira em diversas regiões do Brasil e do mundo.

Esta data foi criada por iniciativa da Organização Internacional do Trabalho, uma agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), em 2002.

Centenas de milhões de crianças estão nesse exato momento trabalhando, e não estão usufruindo de seus direitos à educação, saúde e lazer. No Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil se relembra que esses direitos estão sendo negligenciados em muitos países.

A principal arma contra o trabalho infantil é a intensa sensibilização civil contra a exploração das crianças e adolescentes, que constitui uma grave violação aos direitos humanos fundamentais.

De acordo com dados da UNICEF, estima-se que aproximadamente 168 milhões de crianças sejam vítimas de trabalho infantil em todo o mundo. Segundo a Organização Internacional do Trabalho, cerca de 20 em cada 100 crianças começam a trabalhar a partir dos 15 anos.

Brasil

No Brasil, por exemplo, diversas campanhas e programas que visam erradicar o trabalho infantil são divulgados nesta data, seja através do Ministério do Trabalho ou de outros órgãos da sociedade civil.

Calcula-se que três milhões de crianças trabalhem nas mais diversas atividades como venda de produto em semáforos, serviços domésticos e no campo. Dados do IBGE de 2015 revelam que 80 mil crianças de 5 a 9 anos trabalhavam no país, um dado alarmante.

Dia de São Gaspar de Búfalo

O Dia de São Gaspar de Búfalo é celebrado em 12 de junho. No entanto, existem alguns calendários litúrgicos que celebram em 28 de dezembro, data da morte de São Gaspar de Búfalo.


Conhecido como "o anjo da paz", esta data é uma homenagem ao trabalho eucarístico e apostólico de São Gaspar de Búfalo.

Este sacerdote é descrito como um "terremoto espiritual", um homem pacífico e muito caridoso, sendo estas as principais características que marcavam as suas pregações pela Itália.

Biografia

Gaspar de Búfalo nasceu em 1786, em Roma, e desde cedo sentiu-se atraído para a vida religiosa. Os tempos, contudo, eram tumultuosos, com a Revolução Francesa e a posterior invasão de Napoleão Bonaparte aos Estados Pontifícios.

Naquele momento, os padres deveriam fazer um juramento de fidelidade ao imperador e quem não o fizesse seria preso e exilado. Quando chegou a hora de Gaspar de Búfulo, ele recusou com essas palavras: "Não devo, não posso, não quero". A recusa lhe valeu a prisão e ele só voltaria a Roma em 1815, após a derrota de Bonaparte.

Na "Cidade Eterna" atuava como um pregador da palavra de Deus e seu trabalho e modo como executava-o ajudou a diminuir o banditismo em Roma.

Também é de São Gaspar de Búfalo a fundação dos Missionários do Preciosíssimo Sangue de Jesus.

O sacerdote faleceu em 1837, sendo canonizado pelo Papa Pio XII, em 12 de junho 1954. Aliás, a celebração do Dia de São Gaspar de Búfalo é uma homenagem a data da sua canonização.



Por olharcidade2@gmail.com 12/06/2018 07:35:00

Mais notícias da sessão: Entretenimento