Servidores públicos do município paralisam as atividades em Paragominas

Eles reivindicam transparência nos cortes de gratificações, recebimentos de horas extras e adequação de jornada de trabalho. Prefeitura informou que fez as adequações na folha de pagamento para cumprir a lei de responsabilidade fiscal.

Em 28/11/2018 10:27:00 na sessão Cidades

Servidores públicos municipais de Paragominas iniciaram uma paralisação dos trabalhos na manhã de terça-feira (27). Eles reivindicam transparência nos cortes de gratificações, recebimentos de horas extras e adequação de jornada de trabalho, que foram alterados pela Prefeitura.

Os manifestantes se concentraram em frente à sede da Prefeitura de Paragominas como faixas e carro-som para expressar as exigências. Mesmo assim, o atendimento na prefeitura permaneceu normalizado. O prefeito Paulo Tocantins conversou com os servidores, mas não chegaram a um acordo.

"Eles precisam receber as horas que foram trabalhadas e até o momento não foram pagas e o restante dos cortes das gratificações. Estamos no final do ano e os funcionários receberem um corte desse é prejudicial e a gente sabe que não é legal isso", disse Cláudia Lima, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Paragominas (Sinsep).

Após 4 horas de paralisação, uma reunião foi marcada para receber a comissão com 25 servidores para tentar resolver o impasse sobre as reivindicações. A Prefeitura se comprometeu dar todas as explicações com a documentação necessária para a comissão.

Em nota, a Prefeitura de Paragominas informou que fez as adequações na folha de pagamento para cumprir a lei de responsabilidade fiscal. E diante da diminuição da arrecadação de impostos e a insuficiência de recursos, essas e outras medidas estão sendo adotadas para restabelecer o equilíbrio financeiro do município. A Prefeitura ainda garantiu que os serviços à população serão mantidos normalmente.

Fonte: G1 Pará.



Por Olhar Cidade 28/11/2018 10:27:00

Mais notícias da sessão: Cidades