Prefeitos falam sobre Impeachment da Dilma; Valtinho é do PMDB de Temer

O Olhar Cidade entrou em contato com os prefeitos das três maiores cidades do Portal da Amazônia, Guarantã do Norte, Matupá e Peixoto de Azevedo

Em 13/05/2016 11:25:00 na sessão Cidades

Foto: Olhar Cidade / Arte

O Olhar Cidade entrou em contato com os prefeitos das três maiores cidades do Portal da Amazônia, Guarantã do Norte, Matupá e Peixoto de Azevedo para ouvir deles a opinião sobre a abertura do pedido de impeachment de Dilma Rousseff que foi afastada por 180 dias pelo Senado na manhã desta quinta-feira (12-05) com o resultado da votação anunciado às 06h34min. 

O prefeito de Peixoto de Azevedo, Sinvaldo Santos Brito (PPS) disse que o governo de Dilma perdeu o ritmo, o país está vivendo uma situação complexa, principalmente devido à insatisfação da população, que compareceu nos protestos em todo o país.

“Obras do PAC não saíram, obras sendo canceladas, repasses de convênios não sendo depositados repasses diminuindo, principalmente da saúde, assim está o país, Presidente Dilma perdeu a governabilidade”, disse. 

“Esperamos que o governo do Michel Temer possa criar direção, que possa continuar o trabalho de anticorrupção, pois o sentimento Nacional é de que haja mudanças concretas na política nacional”, disse Sinvaldo. 

Já a prefeita de Guarantã do Norte, Sandra Martins (PSB), foi categórica, “Dilma não tinha mais condições de continuar governando, agora esperamos que o país possa andar principalmente na economia para que possamos sair dessa crise e o Brasil ter condições de investimentos novamente, Temer não é a solução para crise imediata, mas que tenha pelo menos uma luz”, disse. 

O Prefeito de Matupá, Valter Miotto que é do partido do novo presidente Michel Temer (PMDB), disse que já foi prefeito no governo do Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e do Luiz Inácio Lula da Silva (PT), dois extremos na política e que mesmo assim conseguiu obras, “sempre trabalhei com uma equipe técnica e a parte política ficou ao meu cargo fazer em Brasília, Cuiabá e aqui em Matupá” explicou. 

“Das obras realizadas em nossas gestões em Matupá 70% são do governo federal, 10% do governo do Estado e 20% com Recursos Próprios do Município, com Temer que é uma novidade para mim, já que nunca tive um presidente do meu partido, espero continuar conseguindo recursos para Matupá e região”, disse. 

“Sempre tive um bom relacionamento com todos, por isso consegui trazer bons recursos para Matupá, e temos muitos recursos para concretizar ainda, espero que com o temer eu possa com essa experiência nova realizar mais importantes obras para o nosso município e a região também precisa estar bem, só assim todos vamos ganhar”, encerrou Valtinho.



Por Olhar Cidade da Redação 13/05/2016 11:25:00

Mais notícias da sessão: Cidades