Apontado como líder de quadrilha é morto pela Polícia em Tucuruí, no Pará

Considerado pela Polícia um dos maiores assaltantes a banco do país, Adriano da Silva Brandão teria liderado assalto a avião que transportava valores em dinheiro.

Em 06/12/2018 08:09:00 na sessão Cidades

A Polícia Militar confirmou na noite desta quarta-feira (5) a morte de um homem apontado como líder da quadrilha que roubou malotes de dinheiro da empresa Prosegur, transportadora de valores em dinheiro. Adriano da Silva Brandão foi morto em confronto com policiais da Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe) em uma operação no município de Tucuruí, no sudeste do Pará.

Brandão era considerado pela Polícia um dos maiores assaltantes a banco do país e foi resgatado no último mês de setembro do Complexo Penitenciário de Santa Izabel do Pará, na região metropolitana de Belém.

Segundo a PM, a troca de tiros ocorreu por volta das 17h. Adriano, de acordo com a PM, portava uma arma de grosso calibre AK 47 e reagiu à prisão disparando contra os policiais, que reagiram. A PM informou que continuam as buscas aos demais integrantes da quadrilha.

O assalto

Bandidos assaltaram um avião que prestava serviço para a empresade transporte de valores, Prossegur, na manhã de segunda-feira (3), em Tucuruí. A ação aconteceu dentro do aeroporto da cidade, durante o pouso. O piloto foi ferido e foi internado em estado grave.

Em nota, a Prossegur informou que nenhum dos vigilantes foi ferido durante a ação e que a empresa está está à disposição das autoridades para as investigações. Não foi informada a quantia levada pela quadrilha.

Fonte: G1 Pará.




Por Olhar Cidade 06/12/2018 08:09:00

Mais notícias da sessão: Cidades