Cerca de metade dos paraenses viveu abaixo da linha da pobreza em 2017, aponta IBGE

Estudo revela que 46% da população do estado ganharam menos de R$ 406 por mês ano passado, o quarto pior desempenho entre os estados do norte.

Em 06/12/2018 09:16:00 na sessão Cidades

Quase metade dos paraenses viveu abaixo da linha da pobreza em 2017, de ac ordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira (5), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o estudo, o Pará possuía 46% da população com renda abaixo da linha da pobreza estabelecida pelo Banco Mundial (US$ 5,5 PPC por dia). Estes paraenses ganham menos de R$406 por mês. O estado possui o terceiro maior percentual da região Norte, ficando atrás apenas do Acre e Amazonas. Comparado a 2016, cerca de 26,7 mil paraenses saíram da linha da pobreza.

No ano passado, a capital do estado estava com 29,8% da população abaixo da linha da pobreza. Houve um aumento de 21,7 mil pessoas em relação a 2016. É a quarta maior porcentagem para uma capital na região norte, a maior foi a de Macapá com 41,3%.

Mantendo o que foi visto em 2016, a região norte foi a segunda região com maior porcentagem dos moradores abaixo da linha de pobreza com 43,1% da população. A região Sul teve a menor porcentagem com 12,8% e o nordeste a maior com 44,8%.

Fonte: G1 Pará.



Por Olhar Cidade 06/12/2018 09:16:00

Mais notícias da sessão: Cidades