Deputados de MT fazem recesso de 11 dias para o Carnaval e só devem voltar ao trabalho no dia 12 março

Segundo a Assembleia Legislativa (ALMT), a maior parte dos deputados deve usar o período para visitar a base eleitoral nos municípios.

Em 01/03/2019 10:51:00 na sessão Estado

Os deputados estaduais de Mato Grosso iniciaram um recesso de 11 dias para o Carnaval em 2019. Na última quarta-feira (27), os parlamentares realizaram duas sessões no mesmo e dia e convocaram a próxima reunião para o dia 12 de março.

Segundo a Assembleia Legislativa (ALMT), a maior parte dos deputados deve usar o período para visitar a base eleitoral nos municípios. Os gabinetes deles, entretanto, continuam funcionando.

O recesso acontece em meio à polêmicas envolvendo deputados e a própria ALMT.

Na terça-feira (26), 14 pessoas (entre deputados estaduais, ex-parlamentares, contadores e servidores da Casa de Leis) foram denunciadas pelo Ministério Público Estadual (MPE).

A lista de denunciados inclui o atual presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho; o ex-deputado e atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro; o deputado Ondanir Bortolini (Nininho); e os ex-parlamentares José Antônio Gonçalves Viana, José Geraldo Riva e Wancley Charles Rodrigues de Carvalho.

Segundo o MPE, o grupo é suspeito de desviar aproximadamente R$ 600 mil referentes a recursos públicos oriundos de verbas indenizatórias nos anos de 2012 a 2015.

Fonte: G1 MT 



Por Olhar Cidade 01/03/2019 10:51:00

Mais notícias da sessão: Estado