Suspeito de matar quatro pessoas, queimar corpos em Novo Mundo e usar cartões das vítimas é preso

Ele teria matado 4 pessoas, todas idosas, entre dezembro a maio em MT. Criminoso foi descoberto após a quebra dos sigilos bancários das vítimas.

Em 04/06/2016 09:05:00 na sessão Cidades

Foto: Divulgação

 Um trabalhador rural foi preso nesta quinta-feira (02-06) suspeito de ter matado quatro pessoas nos últimos seis meses no município de Novo Mundo, a 791 km de Cuiabá. Segundo informações da Polícia Civil, as vítimas, a maioria idosos, foram enforcadas e tiveram os corpos queimados.

O suspeito estava com a prisão temporária decretada pela Justiça de Mato Grosso. De acordo com o delegado do caso, Geraldo Gezoni Filho, os crimes teriam ocorrido em dezembro de 2015, e nos meses de abril e maio deste ano. O criminoso foi descoberto depois da quebra dos sigilos bancários das vítimas assassinadas.

“Esse indivíduo é suspeito de cometer quatro latrocínios em Novo Mundo. Em três ocasiões ele roubou e matou quatro pessoas. Essa situação causou muito temor na região, todos os crimes ocorreram na zona rural”, explicou o delegado ao G1.

Das vítimas do suspeito, uma foi morta em dezembro de 2015. O segundo latrocínio ocorreu contra um casal, em abril de 2016. A quarta morte, a mais recente, foi registrada em maio.

“Ele escolhia como vítimas pessoas que eram sitiantes idosas. Ele matava a vítima, subtraía o cartão bancário e começava a usar esse cartão. Conseguimos ver que mesmo após as mortes das vítimas ocorriam saques, compras e transferências para a conta bancária desse indivíduo”, declarou o delegado.

Ainda conforme a Polícia Civil, a investigação suspeita que o criminoso se aproximava das vítimas com a desculpa que estava procurando emprego na região. Por Denise Soares Do G1 MT



Por G1-MT 04/06/2016 09:05:00

Mais notícias da sessão: Cidades