Fazendeira de 84 anos é sequestrada por filhos e genro no Pará

Eles queriam forçar a vítima vender as terras. Um dos sequestradores acabou morto em confronto com a Polícia. Todos os envolvidos foram presos em flagrante.

Em 21/05/2019 10:03:00 na sessão Cidades

Uma senhora de 84 anos foi resgatada pela Polícia Civil neste domingo (19), em Bom Jesus do Tocantins, cerca de 70 quilômetros de Marabá, depois de ter sido sequestrada por dois filhos, pelo genro e por mais duas pessoas em Abel Figueiredo, no sudeste do Pará. A vítima foi mantida em cativeiro desde quinta-feira da semana passada. Na hora da abordagem, um dos sequestradores atirou em direção aos policiais e acabou morto.

Os presos são acusados de planejar o sequestro e extorquir dinheiro da idosa, que é fazendeira na região. Eles vão responder por todos esses crimes e mais o de associação criminosa. De acordo com a Polícia, durante as investigações, Gerson Silva Cabral, genro da vítima, foi apontado como um dos idealizadores da ação criminosa. Gerson confessou a participação no crime foi preso logo em seguida.

No interrogatório, o genro que mantinha um relacionamento com Vanilda Aguiar, filha da vítima, revelou que havia sido convidado pela companheira e por outro filho da fazendeira, Gelson Aguiar, para tramar o sequestro há três meses. O plano era extorquir a idosa, já que ela tinha uma quantia alta depositada no banco após a venda de cabeças de gados e, assim, vender parte de suas terras para pagar o resgate.

"Dessa forma, seria possível forçar a idosa vender suas terras, que estariam em um processo de inventário devido ao falecimento do seu esposo", complementou Thiago Carneiro, delegado e superintendente regional da polícia civil em Marabá. Ainda de acordo com a Polícia, o filho Gelson ficou responsável por chamar três comparsas para participar do sequestro. São eles: Isaac Ferreira, Romildo da Conceição e outro identificado apenas como Carlia.

Os criminosos se revezavam ao longo do dia no cativeiro para manter a vítima no local. Na hora em que a polícia chegou apenas Romildo da Conceição estava na residência. Ele reagiu, foi baleado, levado ainda com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Em seguida, as equipes de polícia foram até as demais casas e prenderam os envolvidos em flagrante. A idosa foi medicada e passa bem.

Fonte: G1 Pará


Por Olhar Cidade 21/05/2019 10:03:00

Mais notícias da sessão: Cidades