Longe da cadeia, Silval administra império com 73 emissoras de rádio e TVs

É no grupo Conti que o ex-governador passou a trabalhar, com carteira assinada, para cumprir sua progressão de pena no regime semiaberto.

Em 27/05/2019 04:38:00 na sessão Estado

A notícia divulgada nesta semana de que o Grupo Conti de Comunicação, que pertence à família do ex-governador Silval Barbosa, tem 73 emissoras de rádio e TV no Estado, causou surpresa à população e impressionou até os grandes empresários de Mato Grosso.

É no grupo Conti que o ex-governador passou a trabalhar, com carteira assinada, para cumprir sua progressão de pena no regime semiaberto. O posto de trabalho foi comunicado por Silval ao juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, na última terça-feira (21). Ele terá que ficar recolhido em casa entre às 22h e 6h.

Além do império da comunicação, Silval Barbosa ainda atua no ramo agropecuário e da mineração.

Muitos mato-grossenses afirmam ter a sensação de que o crime compensa já que ex-governador foi condenado, até o momento, a 13 anos de prisão por crimes de corrupção que causaram prejuízos de R$ 1 bilhão ao Governo do Estado, mas cumpriu apenas 1 ano e sete meses no Centro de Custódia da Capital. Em julho de 2017, passou para a prisão domiciliar por 1 ano e 10 meses. Agora deve cumprir dois anos e seis meses no regime semiaberto diferenciado.

Fonte: Repórter MT 



Por Olhar Cidade 27/05/2019 04:38:00

Mais notícias da sessão: Estado