Energia elétrica de cinco câmpus da UFMT é restabelecida 8 horas após corte no fornecimento

Corte teria ocorrido por atrasado no pagamento de faturas.

Em 17/07/2019 11:06:00 na sessão Cidades

Foto: Reprodução

A energia elétrica nos cinco câmpus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) foi restabelecida no início da noite desta terça-feira (16), 8 horas após o corte no fornecimento.

Embora ciente do atrasado em, pelo menos, seis faturas, a UFMT, por meio de nota, informou que foi surpreendida com o corte, ocorrido na manhã de hoje.

Informou ainda que, tão logo a energia foi cortada, entrou em contato com o Ministério da Educação solicitando a liberação de recursos para o pagamento da fatura de energia.

Assim que o dinheiro foi liberado, a direção da instituição procurou a empresa concessionária dos serviços de energia para demonstrar o pagamento da fatura pendente no valor de aproximadamente R$ 1,8 milhão.

O fornecimento de energia havia sido suspenso em Cuiabá, Várzea Grande, Barra do Garças, Rondonópolis e Sinop, além da Base de Pesquisa do Pantanal e de duas casas que abrigam estudantes do interior e de outros estados, por meio do auxílio moradia.

falta de energia afetou ainda o hospital veterinário, que funciona dentro do Campus Cuiabá. Os donos dos animais que estavam em tratamento foram acionados para buscar os bichos que estimação, em razão da falta de condições de mantê-los no local.

Donos são chamados para buscarem animais hospitalizados -- Foto: Yago Oliveira/G1

Estudantes que fazem pesquisas no curso de medicina veterinária retiraram as amostras do material pesquisado e levaram para casa. Segundo eles, as substâncias precisam permanecer em ambiente refrigerado e deixá-los lá, poderia ocasionar a perda da pesquisa.

Também em razão da falta de energia, não foi servido jantar, nesta terça, no Restaurante Universitário.

Fonte: G1 MT 



Por Olhar Cidade 17/07/2019 11:06:00

Mais notícias da sessão: Cidades