Antes de ter ônibus apedrejado, Eduardo Costa se dispôs a cantar com voz e violão em Primavera do Leste

A própria organização do show divulgou que foi pedido ao cantor que subisse ao palco e se apresentasse somente com voz e violão. De pronto, Eduardo Costa aceitou, mas mesmo assim não foi possível que ele fizesse o show, já que o som não funcionou.

Em 15/10/2019 07:45:00 na sessão Cidades

O sertanejo Eduardo Costa, que teve ônibus e carreta apedrejados por vândalos, após o cancelamento de seu show em Primavera do Leste (190 quilômetros de Cuiabá), na última sexta-feira (11), se dispôs a fazer a apresentação somente com voz e violão. Mesmo assim, um problema no som não permitiu a apresentação. As empresas Kapitão Produções e PH Music agradeceram a paciência do cantor e afirmaram que ele aguardou a resolução do problema até o dia amanhecer.

A própria organização do show divulgou que foi pedido ao cantor que subisse ao palco e se apresentasse somente com voz e violão. De pronto, Eduardo Costa aceitou, mas mesmo assim não foi possível que ele fizesse o show, já que o som não funcionou. "Só não aconteceu devido à queima de dois geradores".

"Nos sentimos profundamente constrangidos com toda está situação. Estamos procurando as melhores maneiras de solucionar todos os problemas que foram gerados", diz trecho de nota publicada pelas empresas. O cantor prometeu voltar à cidade para fazer uma nova apresentação.

Em nota, as empresas informaram que investiram bastante em estrutura, decoração e também no aluguel de dois geradores de energia, prevendo uma possível emergência. "O que não poderemos prever era que dois equipamentos da maior prestadora de serviço do Estado (Pontual Geradores), iriam dar problema e comprometer a realização do evento".

As empresas ainda aproveitaram para agradecer o comprometimento de Eduardo Costa, que tentou de todas as formas realizar o show, aguardando no local até o amanhecer do dia para que fosse possível fazer sua apresentação e lamentou o fato de vândalos terem depredado o ônibus e a carreta do cantor.

Um vídeo divulgado pelas empresas também mostra Eduardo Costa dando explicações sobre o ocorrido, em cima do palco da festa:




O caso

O show do sertanejo Eduardo Costa, que aconteceria na Chácara Vitória, em Primavera do Leste (190km de Cuiabá) na última sexta-feira (11), foi cancelado após uma série de problemas técnicos.

Em suas redes sociais, Eduardo Costa narrou o acontecido desde o momento em que ele chegou ao local do show. Algum tempo depois, voltou aos stories: "Já estou há duas horas e meia no camarim. O som deu problema, acho que não colocaram um "trem" que presta aí não", disse.

O cantor continuou se justificando: "Pra mim a pior coisa é atrasar show, eu odeio atrasar show. Eu chego duas, três horas antes no camarim, para não acontecer. Quando acontece é incompetência de alguém. As pessoas que pagam ingresso, que vem para assistir ao show, não querem saber dessas coisas".

"Queimou o gerador, a energia do local não dava para aguentar o som. Uma burrada atrás da outra que acaba afetando eu como artista e as pessoas que estavam ali para assistir", disse. "Infelizmente quebraram meu ônibus, jogaram pedras, quebraram os vidros do ônibus e da minha carreta. Às vezes as pessoas não entendem, acham que a gente que atrasa show. Mas eu queria falar pra vocês que eu nunca atrasei show na minha vida", completou.

Fonte: Olhar Direto



Por olharcidade2@gmail.com 15/10/2019 07:45:00

Mais notícias da sessão: Cidades