Altaflorestense Zé Eskiva, participa do Campeonato Mundial de Jiu Jitsu

O altaflorestense Zé Eskiva representará a Academia Black House/MMA no mundial.

Em 07/11/2019 10:08:00 na sessão Cidades

O campeão mundial Zé Eskiva participará nos dias 8, 9 e 10 de novembro do World Jiu-Jitsu Championship/2019. O Evento acontecerá em Long Beach, Califórnia (EUA), no Salão de festas Long Beach Arena-Pacific, um destino urbano à beira-mar perfeitamente posicionado no segundo maior mercado de metrô do país. Com vista para o movimentado Rainbow Harbor, Queensway Bay e a quilômetros de praias arenosas do Oceano Pacífico, o Center fica no meio da orla marítima do centro de Long Beach.

De acordo com Eskiva, que segue treinando firme na Academia Black House/MMA com Lyoto Machida, uma das lendas do MMA Mundial. A meta adquirir mais experiência no Jiu Jitsu.

O altaflorestense Zé Eskiva representará a Academia Black House/MMA no mundial. Um feito graças ao apoio da empresa Avida Construtora do empresário José Derli Rosa e da CUFA (Central Unicas das favelas) onde já foi instrutor da entidade em Mato Grosso. De acordo com ele, será um enorme prazer representar tambem a entidade e o município de Alta Floresta em mais uma importante competição mundial.

Vale lembrar que o jovem altaflorestense, depois de uma adolescência conturbada, encontrou no esporte o seu sonho, onde se tornou tetracampeão mundial de kickiboxing, tendo conquistado 21 medalhas em sua curta carreira, sendo 11 de ouro, 6 de prata e 4 de bronze.

 World Jiu-Jitsu Championship/2019.

O mundial de Jiu Jitsu é uma promoção da Federação Internacional do Esporte Jiu-Jitsu (SJJIF) que tem como missão unificar e organizar federações nacionais e / ou territoriais existentes de Sport Jiu-Jitsu, Jiu-Jitsu brasileiro e Jiu-Jitsu que compartilham a visão de alcançar a grandeza olímpica, preservando a história, cultura, filosofia e tradição únicas. linhagem do nosso esporte. 

A SJJIF acredita que juntos, a SJJIF com suas Federações Nacionais e membros, continuará a desenvolver uma rede crescente de membros afins que vislumbram maiores oportunidades para nossos atletas e Jiu-Jitsu brasileiro, pois acreditamos que nossos atletas merecem igual direito à grandeza olímpica.

De acordo com informações, o evento irá distribuir mais de US$ 74 mil (cerca de 300 mil reais) em premiações.

O Mundial da SJJIF vai contar também com o Parajiu-Jitsu, com atletas que possuem algum tipo de deficiência, o Special Jiu-Jitsu, para competidores que tenham alguma deficiência mental, e o Deaf, exclusivo para deficientes auditivos. A ideia é conceder mais espaço e visibilidade para que essas pessoas e professores possam propagar seu trabalho.

O evento contará com atletas de destaque na faixa-preta como Nathiely Jesus, Gustavo Batista, Gabriel Sousa, Isaac Doederlein, Helton Júnior, Luiza Monteiro, Talita Treta, Ronaldo Júnior, Lucas Pinheiro, Pablo Mantovani e Maidana.

Fonte: MT esporte 



Por Olhar Cidade 07/11/2019 10:08:00

Mais notícias da sessão: Cidades