Denúncia de tráfico termina em apreensão de pescado em Barra do Garças

Conforme o boletim de ocorrência, a princípio, a guarnição do bairro Santo Antônio teria sido acionada com a denúncia que, o veículo estaria recheado de entorpecentes.

Em 08/11/2019 10:19:00 na sessão Cidades

Policiais militares do 2º batalhão em Barra do Garças (509 km de Cuiabá) fizeram na tarde de quinta-feira (7/11), a apreensão de dois peixes, os quais estavam  escondidos em um veículo Grand Siena.

Conforme o boletim de ocorrência, a princípio, a guarnição do bairro Santo Antônio teria sido acionada com a denúncia que, o veículo estaria recheado de entorpecentes.

Imediatamente, os Pm´s se deslocaram para a área central, onde se depararam com o veículo, que era conduzido por C.O.D de 40 anos. Em revista, os militares localizaram no interior do carro, dois exemplares da espécie piraíba, conhecida também na região, como "filhote". 

As piraíbas que tem a sua pesca proibida há pelo menos seis anos, devido ao risco de extinção, foram apreendidas e pesadas somaram, cerca de 20.3 kg.

Fiscais da SEMA foram acionados e fizeram todos os procedimentos administrativos, com relação ao caso.

O pescado ficou em posse dos ficais, para futuras doações, já o condutor do veículo foi detido e encaminhado para a delegacia de polícia.

Brachyplathystomafilamentosum;

Conhecido popularmente como piraíba, piratinga e piranambu (os exemplares jovens da espécie são conhecidos como filhote), é um peixe de água doce da região amazônica da América do Sul. Pode atingir até 2,50 metros de comprimento e 300 quilogramas de peso. Tem ocorrência nas bacias do Araguaia e do Amazonas. É de grande importância comercial, possuindo carne muito apreciada na culinária brasileira. É considerado o maior peixe de água doce brasileiro depois do pirarucu, sendo da família dos grandes bagres. É carnívoro e habita o fundo dos canais dos rios.

Fonte: Araguaia Notícia



Por Olhar Cidade 08/11/2019 10:19:00

Mais notícias da sessão: Cidades