Moradores de cidade com racionamento há mais de 2 meses são multados por desperdiçarem água em Tangará da Serra

Moradora foi multada em R$ 168 porque a funcionária dela estava lavando a garagem.

Em 19/11/2019 10:00:00 na sessão Cidades

Foto: Samae/Divulgação

A água em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, está sendo racionada há mais de dois meses e, durante esse período, 27 moradores foram multados e outros 109 foram notificados por desperdiçarem água, segundo o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae).

Uma moradora da cidade contou que há 15 dias foi multada em R$ 168 porque a funcionária dela estava lavando a garagem.

Ela afirmou que a água utilizada para fazer o serviço estava sendo aproveitada da máquina de lavar roupas, entretanto, como a água estava escorrendo pela calçada, o fiscal entendeu como desperdício.

"Ela [funcionária] estava baldeando a água para lavar a área e já tinha escorrido bastante na calçada. O fiscal passou e viu aquela quantidade de água. Ele subentendeu que estava escorrendo água limpa e multou. Isso serviu como exemplo para que a gente tome mais cuidado", explicou.

Para que a água continue sendo distribuída para todos os moradores, a concessionária está realizando o abastecimento da cidade dia sim, dia não.

Vários pontos do Rio Queima Pé secaram -- Foto: Vinícius Rangel/TVCA

O diretor do Samae, Wesley Lopes Torres, afirmou que as chuvas registradas na região ajudaram a subir o nível do Rio Queima Pé, que abastece a cidade.

No início do mês, vários pontos do rio estavam secos. As chuvas que ocorreram na cidade ajudaram a controlar a vasão das represas, porém, no Rio Queima Pé, surtiu efeito contrário.

Fonte: G1 MT 



Por Olhar Cidade 19/11/2019 10:00:00

Mais notícias da sessão: Cidades