Traficantes que vendiam droga por delivery na Grande Cuiabá são alvos de operação

Os mandados judiciais, sendo oito ordens de prisão e 16 de busca e apreensão, foram expedidos pela 13ª Vara Especializada de Delitos Tóxicos de Cuiabá.

Em 11/12/2019 08:36:00 na sessão Cidades

A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, realiza na manhã desta quarta-feira (11) a operação "Deliveryman" em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

De acordo com a DRE, os policiais tentam cumprir 24 ordens judiciais, entre mandados de busca e apreensão e de prisão, relacionados à venda de drogas, na modalidade "disque-entrega".

Os mandados judiciais, sendo oito ordens de prisão e 16 de busca e apreensão, foram expedidos pela 13ª Vara Especializada de Delitos Tóxicos de Cuiabá.

Além dos mandados, foi pedido pelo bloqueio judicial de mais de R$ 50 mil das contas dos investigados.

A ação conta com a participação de 64 policiais civis da DRE, Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) e Gerência de Operações Especiais (GOE).

As investigações iniciaram no mês de junho deste ano, após análise de denúncias sobre a comercialização de entorpecentes em sistema "delivery", quando o usuário solicita a substância por telefone e recebe no local combinado para entrega.

Durante as investigações, foi constatada a intensa comercialização de drogas nessa modalidade, demonstrando que as entregas eram realizadas nos arredores de escolas, faculdades, bairros de classe média-alta, condomínios de luxo, Centro Político Administrativo, motéis, restaurantes, entre outros locais.

Fonte: G1 MT



Por Olhar Cidade 11/12/2019 08:36:00

Mais notícias da sessão: Cidades