Mato-grossenses pagam quase R$ 1 bi em tributos em uma semana

O Brasil já chegou à marca de R$ 204 bi e o aumento em relação ao ano anterior, que neste mesmo período foi de R$ 199 bilhões

Em 24/01/2020 04:48:00 na sessão Cidades

O Boletim Impostômetro, realizado às sextas-feiras pela Fecomércio-MT, observou que os mato-grossenses pagaram em tributos municipais, estaduais e federais mais de R$ 3 bilhões nos primeiros 24 dias de 2020. Na semana passado, o montante recolhido foi de R$ 2.153 mi, ou seja, em sete dias, a população do estado pagou em impostos, taxas e contribuições aproximadamente 850 milhões de reais aos cofres públicos.

No ano passado, também em 24 dias, o Impostômetro da Fecomércio-MT havia contabilizado R$ 2.931 bilhões em Mato Grosso. Para atingir a marca de R$ 3 bi, foi necessário um dia a mais.

O Brasil já chegou à marca de R$ 204 bi e o aumento em relação ao ano anterior, que neste mesmo período foi de R$ 199 bilhões, tem a ver com o estímulo ao crédito para pessoas físicas e a redução da taxa básica de juros, o que contribuiu para o aumento da arrecadação.

Mato Grosso na contramão

Apesar da melhora econômica observada no país, o Estado de Mato Grosso resolveu aumentar a carga tributária com a Lei Complementar nº 631/2019, que altera a forma de recolhimento do ICMS e embute uma maior alíquota do imposto em produtos do comércio. Tanto para os economistas como para autoridades ligadas ao setor, os governos (municipais, estaduais e federal) não devem se preocupar somente em aumentar a arrecadação sem antes procurar formas de cortar da própria carne.

Fonte: Fecomercio-MT



Por Olhar Cidade 24/01/2020 04:48:00

Mais notícias da sessão: Cidades