Sinop: garantidos recursos para construir Hospital dos Olhos que será administrado pelo Lions

A obra custará R$ 2 milhões e será feita com recursos que os municípios de Sinop e Claudia receberão da empresa que está construindo a usina, no Teles Pires.

Em 14/11/2016 10:13:00 na sessão Cidades

O Hospital dos Olhos, do Lions Clube, começa a ser construído no primeiro trimestre do ano que vem, em um imóvel que fica na rua dos Ibis com Palmas, ao lado da Casa de Apoio Padre João Salarini e próximo ao Hospital Santo Antonio. Terá 930 metros quadrados, com duas salas de cirurgias, três consultórios médicos, três salas de repouso e demais dependências. Serão feitas cirurgias de catarata, glaucoma e tratamento de pterígio. A previsão é que o hospital fique pronto no de final de 2017, prevê o ex-presidente do conselho de governadores do Lions para 7 Estados e presidente do clube em Sinop, Alfredo Garcia. 

A obra custará R$ 2 milhões e será feita com recursos que os municípios de Sinop e Claudia receberão da empresa que está construindo a usina, no Teles Pires. O termo de compromisso foi assinado nesta sexta-feira. A compensação destinada para as prefeituras será investida no hospital (R$ 1,322 milhão de Sinop e R$ 678 mil de Claudia). "Para a obra começar falta ainda a aprovação do projeto na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O hospital será administrado pelo Instituto Lions da Visão Norte do Mato Grosso. A empresa vai nos entregar a obra pronta. O atendimento será feito via SUS e convênios com as prefeituras e terá estrutura para fazer até 50 cirurgias de cataratas por dia. Também vão ser resolvidos casos de pterígio ( formação carnosa que avança sobre a córnea) e demais procedimentos. Só em Sinop há uma demanda de mais de 1,5 mil cirurgias para serem feitas", explica Alfredo. 

"O próximo passo será buscar recursos para equipar o hospital, que vai girar em torno de R$ 1,9 milhão. A previsão é que o hospital inicie as atividades em 2018", acrescenta o presidente. 

Alfredo Garcia explicou que a ideia de construir o hospital surgiu em junho deste ano, "no município de Claudia, onde foi empossado presidente do Lions do município. O prefeito João Batista estava na solenidade e manifestamos nosso sonho de construir este hospital. Ele abraçou o projeto e disse que articularia apoio com as prefeituras e a empresa que está construindo a usina e faria compensações para os municípios. Depois, falamos com o prefeito Juarez e o dinheiro que seria destinado para o parque florestal vai agora para o hospital", conta Alfredo. "Em 5 meses foi viabilizado o projeto e recursos para a obra. Felizmente, tudo correu rápido e vamos ter estrutura para atender muitas pessoas de baixa renda", emendou.

Ele concluiu explicando que o Lions Clube Internacional, desde 1922, assumiu compromisso mundial, enquanto clube de serviço, de cuidar das pessoas com deficiência visual. Só em Cuiabá, no últimos 15 anos, foram viabilizadas mais de 60 mil cirurgias para pessoas carentes. 



Por Só Notícias 14/11/2016 10:13:00

Mais notícias da sessão: Cidades