Pesquisadores descobrem mecanismos que causam versão â?~turbinadaâ?T da TPM

O Transtorno Disfórico Pré-menstrual afeta de 2% a 5% das mulheres em idade reprodutiva e é mais forte que a Tensão Pré-menstrual, reação muito mais comum.

Em 03/01/2017 08:52:00 na sessão Entretenimento

Foto: Ilustrativa

Pesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH) descobriram os mecanismos moleculares que podem causar o Transtorno Disfórico Pré-menstrual, uma versão "turbinada" da Tensão Pré-menstrual (TPM).

Tal transtorno afeta de 2% a 5% das mulheres em idade reprodutiva nos dias que antecedem a menstruação. Ele causa irritabilidade, tristeza e ansiedade, assim como a TPM, mas de forma mais intensa.

“Nós encontramos um gene suspeito de ter uma expressão desregulada. Isso aumenta a evidência de que o Transtorno Disfórico Pré-menstrual é um distúrbio e uma resposta da célula ao estrogênio e progesterona”, disse Peter Schmidt, do NIH. “Aprender mais sobre esse complexo genético mantém a esperança de melhorar o tratamento de tais distúrbios do humor”, completou.

Schmidt e seus colegas publicaram os resultados dos estudos nesta terça-feira (3), na revista “Molecular Psychiatry”.

“Este é um grande momento para as mulheres, porque demonstra que aquelas afetadas pelo Transtorno Disfórico Pré-menstrual têm uma diferença intrínseca no seu aparelho molecular em resposta aos hormônios sexuais”, disse David Goldman, outro autor da pesquisa.

 

Expressão do complexo genético que foi encontrada como causa do transtorno (Foto: Peter Schmidt, M.D., NIMH., David Goldman, M.D., NIAAA)

Expressão do complexo genético que foi encontrada como causa do transtorno (Foto: Peter Schmidt, M.D., NIMH., David Goldman, M.D., NIAAA)

 



Por G1 03/01/2017 08:52:00

Mais notícias da sessão: Entretenimento