Missão no Canadá retorna com perspectiva de novos para o setor de mineração em Mato Grosso

A expectativa de Mato Grosso com a ida ao Canadá era atrair R$ 500 milhões em investimentos.

Em 14/03/2017 01:54:00 na sessão Estado

Foto: Divulgação/Sedec

Empresários do setor de mineração de Mato Grosso participaram de mais de 20 reuniões técnicas durante Prospectors and Developers Association of Canada (PDAC), em Toronto (Canadá), na última semana e volta ao Estado com ao menos quatro potenciais negócios em andamento. A missão empresarial no país da América do Norte visava à atração de investimentos para a área de mineração no Estado, principalmente no que tange a tecnologia. A expectativa de Mato Grosso com a ida ao Canadá era atrair R$ 500 milhões em investimentos. 

A PDAC, o maior evento mundial da mineração em Toronto, no Canadá, ocorreu entre os dias 04 e 08 de março. Durante os quatro dias de evento mais de 15 mil pessoas visitaram a feira, dividida em duas áreas: feiras de negócios e tecnologias; e palestras e investimentos.
 
Ao todo 30 pessoas entre empresários do setor de mineração e do Governo de Mato Grosso participaram da feira. A missão foi idealizada pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), por meio da Desenvolve MT. Na ocasião um Bloco Regional formado por 17 municípios mato-grossenses foi criado.
 
Em meio aos empresários mato-grossenses estavam representantes de cooperativas de ouro e diamante.
 
"Abrimos caminho para a atração dos investimentos que tanto precisamos para o desenvolvimento da cadeia da mineração do estado", pontua o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Ricardo Tomczyk, que fez parte da comitiva.
 
Conforme Tomczyk, o grupo durante a viagem teve condições de receber instruções quanto a tecnologia no mercado mineral no Mundo. "Desta forma podemos criar as melhores políticas e dar todo o apoio que o setor precisa para gerar desenvolvimento, gerar renda e emprego para Mato Grosso", frisa.
 
O diretor de projetos da Desenvolve MT, João Gebera, observa que a feira no Canadá amplia possibilidades para o setor mineral mato-grossense.
 
Durante o evento, além de visitarem estandes de quatro províncias canadenses, onde discutiu-se financiamentos para pesquisa e prospecção, a comitiva mato-grossense participou de um evento do Banco Nacional do Canadá, em que se teve contato com diversas mineradoras, investidores e com a equipe de mineração do banco que é responsável por prospectar novos negócios para fundos de investimentos de clientes.
 
Integraram a comitiva de Mato Grosso o secretário da Sedec,  Ricardo Tomczyk, o  deputado estadual Oscar Bezerra, representantes da Câmara de Comércio Brasil-Canadá, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), da Companhia Mato-grossense de Mineração do Estado de Mato Grosso (Metamat) e das prefeituras de Alta Floresta, Apiacás, Juína, Peixoto de Azevedo, Nova Guarita, Jaciara e Rondonópolis, Cooperativa dos Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto (Coogavepe), Cooperativa de Produtores de Diamante Ltda, de Juína (Cooprodil) e Cooperativa de Desenvolvimento de Minerais de Poconé (Cooper Poconé).

Fonte: Olhar Direto



Por Leidieli Lima 14/03/2017 01:54:00

Mais notícias da sessão: Estado